21ª edição da Maison & Objet

De 2 a 6 de setembro, Paris sediará mais uma edição da Maison & Objet, feira referência nos trades de arte, design e decoração. Em seu 21º ano, o principal objetivo não se resume apenas no lançamento de tendências, mas também na geração de negócios para expositores e visitantes.

O tema da edição é “House of Games”, com cenografia assinada por Vincent Grégoire. A ambientação é alimentada pela estética de jogos de tabuleiro, jogos de azar e jogos de equilíbrio. Tabuleiros de xadrez, peões, cartas, dados, dominós e tarot são motivo de diversão e inspiração. As regras deste jogo? Trazer drama para a decoração, apostar em um maximalismo alegre e elegante e acima de tudo jogar com a carta da beleza estranha, a beleza não óbvia.  O “Espaço de Inspiração” na feira irá explorar a fundo este tema com instalações, objetos e cenário exclusivo. Exemplos no vídeo teaser: https://player.vimeo.com/video/173862446.

Cenografia Maison&Objet 2016. Créditos: divulgação

Todas  as edições da Maison & Objet possuem um designer do ano. Para a edição de Paris, a escolhida é a Britânica  Ilse Crawford. Com uma missão de recolocar os desejos e necessidades humanas nos centros de seus projetos, nota-se esta abordagem sensível desde seus primeiros trabalhos, como em sua parceria com o Soho House Group. Por 10 anos, Ilse se dedicou aos empreendimentos deste grupo voltado para clubes privados, hotéis, restaurantes e spas. Projetos como o restaurante Cecconi’s e o clube Eletric Cinema, ambos em Londres, e o Babington House Hotel e o Soho House Hotel, ambos em Nova York, evocam exemplos de sua filosofia, que é criar ambientes com sentido funcional onde as pessoas se sintam confortáveis. A ideia de aprimorar a experiência humana se estende nos projetos de espaços públicos, residenciais, comerciais e também na concepção de produtos. 

  

Projetos assinados por Ilse Crawford. Créditos: divulgação

Todo ano, também,  a Maison & Objet possui um espaço dedicado exclusivamente para 06 novos designers em ascensão terem a oportunidade de divulgar seus trabalhos para o mundo.  É a categoria Rising Talents, de jovens profissionais que mostram promissora iniciativa criativa. Para a edição de Paris Setembro 2016, A Maison & Objet convidou o Les Ateliers de Paris para celebrar seu 10º aniversário, e fez uma seleção de designers franceses que já pertenceram ou pertencem ao Les Ateliers para apresentarem seus trabalhos em um espaço dedicado exclusivamente a eles, no corredor 7.

Os  estúdios e designers escolhidos como Rising Talents da edição Paris Setembro 2016 são: AC/AL Studio, Charlotte Juillard, Pierre Charrié, Studio Monsieur, Désormeaux/Carrette e Julien Vermeulen.

  

Objetos de Charlotte Juillard e Instalação de Julien Vermeulen. Créditos: divulgação