9ª Bienal Brasileira de Design Gráfico ADG Brasil

Com início programado para 7 de março, em São Paulo, a 9ª Bienal Brasileira de Design Gráfico ADG Brasil terá mais um atrativo: uma programação paralela aberta à participação das instituições de ensino de design.

De acordo com a direção da ADG Brasil, os interessados precisam apresentar o plano de um evento que discuta os temas e os trabalhos presentes na Bienal na respectiva escola de design, e enviar a respectiva programação para a coordenação da Bienal. Depois de analisado e aprovado, o evento passará a fazer parte da programação oficial da Bienal com a divulgação do logotipo da instituição no site oficial da escola.

Além de aparecer no material de divulgação online da Bienal, a instituição universitária receberá os arquivos com modelos de folder, banner impresso, banner para internet e convite com a identidade da Bienal para customizar e divulgar o evento de forma oficial. Terá ainda uma cópia digital protegida do conteúdo da Bienal para consulta na preparação do evento. Ao final da Bienal, as escolas deverão enviar a documentação dos seus eventos (fotos, vídeos e áudios) para o acervo da Memória Gráfica Brasileira.

As inscrições ficam abertas até o dia 1 de março. Mais informações pelo site www.adg.org.br .A Bienal – A principal mudança da nona edição, segundo os organizadores, é a busca pelas expressões contemporâneas das tendências e linguagens do design brasileiro. A idéia desta vez é não consagrar somente os trabalhos efetivamente produzidos. A curadoria geral é de Cecília Consolo.

A exposição será aberta ao público em geral a partir do dia 8 de março no Centro Cultural São Paulo, ficando disponível para visitação até 17 de maio, das 10h às 20h (terça a sexta) e das 10h às 18h (aos sábados, domingos e feriados). O Centro Cultural São Paulo fica na Av. Vergueiro, 1000, na capital paulista.

Tags:

Veja também