Abertura da II Bienal Brasileira de Design

Com entrada franca, tem início na próxima quarta-feira, 8 de outubro, a segunda edição da Bienal Brasileira de Design. A programação do evento terá desta vez quatro mostras principais, todas em exposição até o dia 5 de novembro na mais recente obra de Oscar Niemeyer na capital federal, o Museu Nacional do Conjunto Cultural da República.Uma das principais mostras é O design do produto industrial brasileiro. Com curadoria de Fábio Magalhães e Auresnede Pires Stephan, a seleção apresenta produtos utilitários nas indústrias de automóvel, aeronáutica, máquinas agrícolas, equipamentos hospitalares, móveis e iluminação, bem como outros criados para pequenas e médias escalas de produção. A jornalista especializada em design Adélia Borges responde pela curadoria de uma mostra em homenagem a José Carlos Bornancini e Nelson Ivan Petzold. A dupla gaúcha desenvolveu mais de 200 produtos e atendeu a clientes como Todeschini, Coza, Springer Carrier e Massey Ferguson. Entre os produtos mais famosos criados pelo escritório que comandavam, o Bornancini, Petzold & Muller Projeto de Produto, estão os projetos da tesoura Softy Cut da Mundial, as facas Mundial Laser e os talheres para camping lançados pela marca Hércules, que em 1976 passaram a compor o acervo de produtos da loja do Museu de Arte Moderna de Nova York, o MOMA.A Mostra Internacional Made in Italy apresenta peças que influenciam o design contemporâneo brasileiro. A curadoria é do italiano Vanni Pasca, conceituado professor e crítico de design. O artesanato é o destaque eo Módulo Design Popular: A Mão do Povo em três tempos, com curadoria de José Roberto Nemer. Ele dá um panorama do design brasileiro voltado para a pequena e média escala de produção.A II Bienal conta com vários eventos paralelos. Um deles é o Design Innovation Labs, série de encontros entre 21 e 24 de outubro que visa fomentar o design nacional, por meio de uma parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). Outros eventos paralelos acontecem nos estados: Porto Alegre/RS (Unisinos), Curitiba/PR (Positivo), Rio de Janeiro/RJ (PUC-Rio) e São Paulo/SP (Senac/SP).Já o Circuito Design PVC vai incentivar num workshop a reutilização de materiais e sua transformação em arte e design. Em conjunto com o Senai Nacional, designers e empresas terão chance de interagir em clínicas. O DesignBrasil está apoiando a Bienal. O portal vai desenvolver uma ferramenta que permitirá ao público escolher os destaques em design de várias categorias.A II Bienal Brasileira de Design é uma iniciativa do Movimento Brasil Competitivo, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, por meio do Programa Brasileiro de Design, e do Governo do Distrito Federal , por meio do Museu Nacional, Brasília Tur e Secretaria de Estado de Cultura do Distrito Federal. O evento tem patrocínio master da Fiat; apoio da ABDI, Grupo Gerdau e Sebrae; e parceria da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Petrobras, Lei Rouanet, Senai Nacional, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Casa Park e Rede Design Brasil. ServiçoII Bienal de Design BrasileiroDe 8 de outubro a 5 de novembro de 2008Visitação de terça a domingo, das 9 às 18 horas.Museu Nacional do Conjunto Cultural da RepúblicaSetor Cultural Sul, Lote 02 – Eixo monumental Leste – Ao lado da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida – Esplanada dos Ministérios – Brasília/ DFInformações: Tel.: (61) 3325-5220 http://www.bienalbrasileiradedesign.com.br[email protected] Entrada franca.

Tags: