“Acre, made in Amazônia” ressalta a diversidade brasileira

Fonte Living Design

O projeto “Acre, made in Amazônia” é uma bela iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis do Acre que está conquistando o Brasil e o mundo à medida que valoriza os artesãos e matéria prima nacional.

Recentemente, eles mostraram a coleção “Chão de Fábrica” na High Design 2016 e provaram que é possível criar possibilidades de reconhecimento dentro e fora do país unindo design de qualidade, sustentabilidade e ênfase na mão de obra artesanal.

Buffet Jatobá

“O objetivo do projeto é fortalecer a cadeia produtiva das comunidades que ficam dentro da floresta a partir de matérias-primas certificadas. E o que nos faltava é valorizá-la, gerar empregos e renda”, contou a arquiteta goiana (e primeira-dama do Estado) Marlúcia Cândida ao LIVING DESIGN.

Com o auxílio do Instituto POLI.design, de Milão, que ajudou as fábricas locais a se estruturarem com nível de excelência internacional, foram criados cinco linhas distintas.

Buffet Palafita

São elas Palafita, com mobílias de diferentes alturas para lembrar as casas da beira do rio Acre;Jatobá, que usa diversos tipos de madeiras para lembrar a alegria do ritmo do forró; Empate, unindo roxinho e cerejeira para representar as manifestações dos seringueiros e fazendeiros organizadas pelo ativista xapuriense Chico Mendes; Yuxin, inspirada nos símbolos ancestrais das tribos indígenas da região; e Estrela, que faz referência ao sangue dos bravos que lutaram pela anexação da área do atual estado do Acre ao Brasil.

Linha Estrela - Cadeira Elis jpg

As peças foram desenvolvidas a partir da curadoria dos designers Emmanuel Gallina, da França, e o carioca Bernardo Senna e do trabalho em conjunto de 35 estudantes, arquitetos, marceneiros, filhos de marceneiros e artistas locais entre 18 e 60 anos por meio de oficinas.

“Acredito que criamos produtos com identidade e personalidade para um mundo real, considerando as demandas de mercado e provando que é possível construir sem destruir”, diz Bernardo.

Mesa de centro Jatobá

“Levamos alguns participantes do projeto para Milão para conhecer a feira de móveis e fazer uma imersão… Faz diferença ver a grandiosidade do evento e perceber como uma fábrica pequena, mas bem estruturada, consegue alcança grandes produções”, diz Marlúcia.

Segundo a arquiteta, a ideia do “Acre, made in Amazônia” é inspirar mostrando que o Estado pode sim fazer design renomado “com uma política de preservação ambiental, gerando renda e fazendo com que o homem que está dentro da floresta e é um guardião da natureza também sinta seu valor”.

Mesa Yuxin

Cadeira Elis

Cadeira Elis