Adélia Borges representa o Brasil da Bienal de Londres

bienal londresA primeira edição da London Design Biennale terá instalações de países sobre o tema “Utopia by Design” e ocorrerá em setembro de 2016, por iniciativa de Sir John Sorrel e direção de Christopher Turner. O comitê consultivo da Bienal é integrado pelos dois e por Ben Evans, James Lingwood, Jeremy Myerson, Jonathan Reekie, Martin Roth e Richard Rogers, todos do Reino Unido, e por Kayoko Ota (Japão), Ana Elena Mallet (México), Paola Antonelli (EUA), Paula Scher (EUA), Victor Lo (China) e Adélia Borges (Brasil).

O grupo se reunirá em Londres no dia 7 de setembro para o júri que premiará as melhores exposições da Bienal. A cerimônia de abertura do evento será em 8 de setembro, na Somerset House. www.londondesignbiennale.com

Adélia Borges será uma das palestrantes do evento e  abordará o tema “Design by the Other 90%”. Parafraseando a expressão “Design for the other 90%”, título de marcante exposição no Cooper-Hewitt National Design Museum em New York em 2007, a palestra apresentará exemplos de objetos concebidos por pessoas comuns para resolver suas necessidades, especialmente em cidades latino-americanas, mostrando soluções simples e inteligentes, bem como sua releitura por designers eruditos. Entre outros exemplos, Adélia mostrará imagens da cerimônia de abertura das Olimpíadas.

Adélia falará no dia 9 de setembro, depois de Ian Callum, diretor da design da Jaguar, e antes de Paola Antonelli, curadora de design do Museu de Arte Moderna (MoMA) de Nova York. Inscrições pelo site http://www.londondesignbiennale.com/talks-programme.

Adélia Borges

Adélia Borges

Adélia graduou-se em Jornalismo na Escola de Comunicações de Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) em 1973. Já trabalhou em veículos como Folha de S. Paulo (1972, repórter da área de Educação), O Estado de S. Paulo (1973-79, repórter e subeditora de Cidades e Política, sucessivamente), Fundação Carlos Chagas (1979-82, editora do jornal Mulherio), TV Globo (1982-84, editora de telejornal), TV Cultura (1984-86, diretora do programa diário Palavra de Mulher) e Editora Abril (1986-87).

Na direção editorial da Revista Design e Interiores, de 1987 a 1994, passou a se especializar em design. Interessada em divulgar o tema para um público da área de negócios, foi editora de design e colunista do jornal Gazeta Mercantil, entre 1998 e 2001. Como jornalista freelance, já contribuiu ou contribui para jornais como Folha de São Paulo e Valor; e revistas como Bravo, Casa Vogue, Kaza, Wish, Exame, Exame Vip, Projeto Design, Arc Design, Ícaro e Serafina (Brasil) e Interni (Itália), Axis (Japão), Architécti (Portugal), Form (Alemanha), Object (Austrália), Indaba (África do Sul) e Diseña (Chile), entre outras publicações. Desde março de 2015 é colunista mensal na revista Bamboo.

É autora ou co-autora de mais de 15 livros, entre eles “Designer não é personal trainer”, da Editora Rosari, e “Design + Artesanato: O caminho brasileiro”, da Editora Terceiro Nome. Artigos, textos para catálogos ou capítulos de livros de sua autoria, já foram publicados – além de português – em alemão, coreano, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês.