ADG divulga manifesto sobre a marca da Copa do Mundo de Futebol de 2014

O recente lançamento da logomarca da Copa do Mundo de Futebol de 2014, que acontecerá no Brasil, gerou muito debate na comunidade do design. Em diversos canais de comunicação, os profissionais da área criticaram, além da qualidade do desenho, as informações não claras acerca da autoria do projeto. A polêmica levou a Associação dos Designers Gráficos (ADG) a se posicionar publicamente. O membro do conselho de ética da entidade, João de Souza Leite, assinou um manifesto, respaldado por instituições como a Escola Superior de Desenho Industrial, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Esdi/UERJ).

Em trecho do documento, Leite afirma: “O símbolo da Copa do Mundo 2014 é um desenho tosco e inacabado. Seu conceito básico – múltiplas mãos que se apoderam da bola, signo máximo da competição, ou da taça, como afirmam seus autores – é passível de questio­na­mento, já que estes não deveriam constituir seu principal significado. É inaca­bado pela inadequação do seu desenho, traçado que mal se equilibra entre o cômico e o irônico, assim como pelos desnecessários detalhes à apreensão da sua forma – pequenas sombras nas mãos chapadas refletem o mais básico dos artifí­cios disponíveis em softwares gráficos de desenho. Da forma das letras, o que dizer? A tradição tipográfica ini­ciada no século 15 indica que a forma da letra sempre é portadora de algum tipo de significado. No símbolo, só revela uma certa inabilidade na escrita, algo infantilizado. Ainda, a falta de uma referência de base não o sustenta verticalmente, mantendo-o em precário equilíbrio.Ressalte-se aqui que esta não é uma reclamação de ordem corporativa. Não se trata de exigir a presença de designers, e so­mente isto. Se trata, sim, de questio­nar algo mais profundo. Se trata de exigir uma postura consistente de projeto, e, assim por dizer, de design no seu sentido mais am­plificado”.

Acesse http://adg.org.br/blog/blog/copa-do-mundo-2014-oportunidade-desperdicada/ para conferir na íntegra o manifesto. E comente esta notícia: o portal DesignBrasil quer saber sua opinião!

2 Comentários

  1. fangorn1131 disse:

    Este manifesto da ADG deveria ser colocado em diversos sites estrangeiros, em inglês, para que todo o mundo saiba desta falta, deste descaso.

  2. dg_leolisboa disse:

    Estou de acordo pleno. Quando vi esta “obra” pela primeira vez, acreditei que fosse alguma brincadeira feita por algum manipulador de software básico de vetor. Quando de fato soube que se tratava da nossa IDENTIDADE – que será representada internacionalmente como símbolo do País cuja tradição no futebol, desde sempre, é exemplo – não tive reação racional. Que, aliás, por falar em racionalidade, poderíamos forçar uma barra e realizar o conceito de “mãos que seguram a bola” ou “taça divida as mãos brasileiras”, como algo triunfante. Também deixaria como sugestão que houvesse participação do povo brasileiro no momento da escolha do melhor projeto, já que este, o povo, é o verdadeiro anfitrião. Deixo meu desabafo brasileiro.