Bienal da ADG terá recorde de trabalhos

De 1240 projetos inscritos de todos os estados brasileiros, a curadoria da 9ª Bienal Brasileira de Design Gráfico teve um total de 283 projetos selecionados (de embalagens à interfaces audiovisuais). Tudo isso estará à mostra em 800 m2 de área expositiva a partir de 8 de março, no Centro Cultural São Paulo, com entrada franca. “Temos um recorde de 50 trabalhos em Poéticas Visuais, 50 em Comunicação Sintética, 50 em design impulsor da Economia e apenas oito em design voltado ao meio ambiente e sustentabilidade”, descreve ao DesignBrasil Cecilia Consolo, curadora geral desta edição da Bienal.
Segundo ela, cada curador de área teve seus próprio critério de seleção. “A minha diretriz foi que a análise foi baseada na concepção do projeto e não nas propriedades do suporte”, explica. O tema desta edição é “Anatomia do Design”.
Um livro com textos críticos e analíticos acompanhará a mostra e estará a venda durante toda a exposição e nas principais livrarias do país. A Bienal prossegue até o dia 17 de maio, de terça a sexta das 10h às 20h, e aos sábados, domingos e feriados das 10h às 18h, na Av. Vergueiro, 1000 São Paulo.* Imagem: trabalho de Marcelo Martinez/Laboratório Secreto para a série Almanaque dos Anos 80 e 90, da Editora Agir, é um dos que compõem a mostra da próxima Bienal

Tags: