Caixa abre nesta terça, no Rio, mostra de Rico Lins que explora a fronteira entre artes e design gráfico

A partir de 10 de fevereiro, o grande público poderá conferir mais de 100 trabalhos do designer Rico Lins (foto) na Galeria 1 da Caixa Cultural do Rio de Janeiro. Trata-se da exposição “Rico Lins: uma gráfica de fronteira”. A proposta do curador Agnaldo Farias, que teve auxílio do próprio Rico Lins, é a de propor uma discussão sobre a fronteira entre artes gráficas e plásticas. A mostra, com entrada franca, fica aberta até o dia 15 de março, sempre de 10h às 22h.Entre os trabalhos expostos estão capas de revistas como a Time (imagem), Newsweek e Kultur Revolution, de livros e CDs, álbuns que vão de Miles Davis a Gilberto Gil; cartazes de filmes, como “Labirinto de Paixões”, de Pedro Almodovar; e uma de suas mais recentes produções, o cartaz criado para a Bienal de Ópera de Munique (Alemanha/2008), ainda inédito no Brasil.

No dia 13 de fevereiro, o designer carioca radicado em São Paulo apresenta uma palestra no local que abriga a exposição. No mês seguinte, no dia 12 de março, também na Caixa Cultural acontece o lançamento do catálogo completo da mostra. Dois dias depois, 14 de março, o próprio Rico Lins conduz uma visita guiada à exposição e, em seguida, ministra um workshop, que visa estimular designers a criarem uma peça gráfica, sem o uso de recursos digitais. A oficina segue a metodologia que o designer vem aplicando em várias cidades do Brasil e da Europa. Interessados devem enviar um e-mail para a Zucca Produções, produtora da exposição, para [email protected] ou pelo telefone: (21) 2556-5265. As vagas para as atividades do dia 14 de março serão limitadas a 20 pessoas.

A Caixa Cultural do Rio de Janeiro fica na Avenida Almirante Barroso, 25 Centro Rio de Janeiro. O telefone é (21) 2544-4080. * Imagens extraídas do site e do Flickr de Rico Lins.

Tags: