Curitiba recebe avaliadores do título de Capital Mundial do Design

Fonte Prefeitura de Curitiba

O prefeito Gustavo Fruet recebeu nesta terça-feira (4) a visita de representantes do Conselho Internacional das Sociedades de Desenho Industrial (International Council of Societies of Industrial Design – Icsid), organização canadense responsável pela escolha da Capital Mundial de Design, título que Curitiba disputa com a Cidade do México para o ano de 2018. O resultado do páreo será divulgado em 18 de outubro, durante a Assembleia Geral do Icsid, na cidade de Gwangju, Coreia do Sul.

Para Gustavo Fruet, o título concedido pelo Icsid está em linha com o prêmio Connected Smart Cities 2015, categoria de melhor governança, recebido pela capital paranaense na segunda-feira (3). “Ficamos honrados com o reconhecimento. Ele é resultado do esforço da atual gestão no aprimoramento da transparência, da inovação, da participação da sociedade e dos programas sociais”, disse.

A secretária-geral Dilki da Silva e o conselheiro executivo Nils Toft vieram a Curitiba para obter mais informações e avaliar presencialmente a cidade – além da interlocução com o setor público, os representantes do Icsid se reuniram com entidades de classe e do setor produtivo. A partir dessa avaliação, será feito um relatório que irá embasar a escolha da Capital Mundial do Design. “Queremos ver como o planejamento da cidade envolve os cidadãos, as escolas e as empresas, até para verificar se há perspectiva de longo prazo no uso dos conceitos de design para a gestão urbana”, resumiu Toft.

O título de Capital Mundial do Design é concedido a cada dois anos para cidades que ainda têm potencial de desenvolvimento no setor. A cidade vencedora terá o compromisso de desenvolver e implantar um programa, ao longo de 2018, voltado à liderança e aplicação criativa do design nos mais variados aspectos econômicos, sociais e culturais.

Dilki da Silva chama atenção para o fato de as atuais cidades finalistas serem ambas da América Latina, algo inédito desde o surgimento do prêmio. Já receberam o título de Capital Mundial do Design as cidades de Turim, na Itália, em 2008; Seul, na Coréia do Sul, em 2010; Helsinque, na Finlândia, em 2012; e Cidade do Cabo, na África do Sul, em 2014. Para o ano de 2016 foi eleita a cidade de Taipei, em Taiwan.

A chancela de Capital Mundial do Design é a única iniciativa internacional voltada ao impacto positivo do design nos espaços urbanos, nas economias das cidades e, por consequência, em seus cidadãos. Além de alçar a cidade vencedora a uma visibilidade mundial, o título agrega inúmeras oportunidades de atração e promoção do design, incrementando a economia criativa e gerando inúmeras oportunidades de negócio.

O presidente do Ippuc, Sergio Pires, destaca a importância de pensar o desenvolvimento da cidade sob diferentes pontos de vista – econômico, cultural, arquitetônico e social –, proporcionado pelo design thinking, a utilização de métodos e processos característicos ao desenho industrial para a solução de problemas diversos.

Participaram também da reunião a presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento, Gina Paladino; o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli; o secretário de Planejamento e Administração, Fábio Scatolin; e o presidente do Instituto Municipal de Turismo, Caíque Ferrante.

Prefeito recebe avaliadores do título de Capital Mundial do Design. Curitiba, 04/08/2015 - Foto: Everson Bressan/SMCS

Prefeito recebe avaliadores do título de Capital Mundial do Design.
Curitiba, 04/08/2015 –
Foto: Everson Bressan/SMCS