Design democrático à venda

A Ontwerp (que significa “design” em holandês) é uma marca de objetos autênticos para decoração e funcionalidade já conhecida entre as pessoas que consomem design. À frente do negócio estão Bia Franzolin e Vanessa Muniz, sócias que comandam, além do e-commerce, a POP-UP- loja física que abre temporariamente na capital paranaense.

A construção da marca e do conceito da Ontwerp veio de uma necessidade pessoal. “Eu tinha vontade de consumir produtos de design sem necessariamente serem caros. Foi aí que tudo começou”, lembra Bia Franzolin.

Um dos objetivos, então, era democratizar o design, já que ele sempre foi visto como algo para a minoria, com preço alto e feito para pessoas modernas. “Nós queremos desmistificar isso. Nossos clientes não estão seccionados por classe social, idade ou área onde vivem. São pessoas que procuram consumir estética e funcionalidade em produtos de alta qualidade e acessíveis”, conta.

A marca nasceu em junho de 2013 e o e-commerce foi lançado em agosto 2014. O primeiro POP-UP foi em novembro de 2014, numa experiência exitosa na Semana D – Festival de Design onde a empresa se projetou para um público direcionado, crítico e consumidor de design.

Quer saber quais marcas moram nos corações das sócias Bia Franzolin e Vanessa Muniz?

Normann Copenhagen
Muuto
Bolia
Piet Hein Eek
Droog
Moooi
Karim Rashid

A inspiração da marca vem da moda, da arte, da arquitetura, da comida. Vem da necessidade, do convívio e até mesmo do descarte de vários materiais de fábricas. O estilo da marca tem forte influência nórdica, pela simplicidade, minimalismo e funcionalidade.  As sócias costumam frequentar feiras em diversos países, mas não só as feiras de design e móveis. “O legal é percorrer caminhos um pouco mais inusitados para achar referências e inspirações aonde não imaginávamos. Quando estava fora do Brasil, busquei de tudo um pouco, feira de produtos de esporte de inverno em Munique, acabamentos e novas tecnologias em Bruxelas, Dutch Design Week, em Eindhoven, a Maison & Objet, em Paris”, diz Bia. Esse ano, Vanessa Muniz voltou para a Suécia e já está antenada para tudo o que tem de novo nos países nórdicos.

Agora, o POP-UP está na terceira edição, que fica até Outubro de 2016, com produtos próprios e mais de 30 parceiros. Os parceiros, inclusive, são aqueles que possuem ideias originais e criativas alinhadas ao conceito da Ontwerp. “Autenticidade, funcionalidade e qualidade. Só trabalhamos com gente legal. Legal no sentido amplo da palavra parceria, onde os dois lados ganham”, ressalta. A marca também possui sua linha própria de produtos – produzidos a partir de materiais provenientes de refugos de indústrias, madeireiras, etc.

Bia é responsável pelo desenvolvimento e pesquisa de novos produtos, já Vanessa por todo o operacional da Ontwerp. Mas a atuação delas vai além destas funções. “Não nos limitamos às áreas que temos maior conhecimento, mesmo porque fazemos dentro da Ontwerp tudo o que precisa para o negócio poder realmente andar. Somos, as duas, financeiro, logística, designer, marceneiras”, conta.

A designer e empresária confessa que é preciso se adaptar em tempos de crise. “A Ontwerp é uma ideia um tanto utópica num país que te prova o tempo inteiro como é difícil ser empreendedor. Por isso foi preciso dar um passo de cada vez. Fomos adaptando a ideia de acordo com nossos recursos, a resposta dos clientes e troca de informações com fornecedores e parceiros”, lembra Bia.

Sobre expectativas futuras, Bia conclui: “Não podemos e nem queremos ficar com medo de  toda esta avalanche que anda acontecendo em nosso país. Buscamos ter uma forma enxuta de apresentar nosso conceito e com isso a parceria com tantos artistas é muito importante. Nossa filosofia sempre foi o design acessível. Queremos crescer com o online mas acredito que para 2016 precisamos aprender a gerenciar nosso negócio baseado nas novas regras tributárias. Para nossa loja física estamos estudando possibilidades de expandir, levar o conceito POP UP ONTWERP para outras cidades. Acreditamos que o negócio é viável e favorece a todos, desde o designer até o consumidor final. Essa integração é necessária e benéfica para a sociedade. Precisamos de design eficiente, produtos sustentáveis, processos inteligentes”, conta.

Para 2016, o mercado internacional é uma meta. “Com a desvalorização da nossa moeda acreditamos que podemos nos beneficiar com o mercado internacional. Acreditamos que o design Brasileiro tem a estética e qualidade exigida por esse mercado”, conclui Bia.

O e-commerce pode ser acessado pelo endereço https://www.ontwerp.com.br/. A loja física abre de quarta a sexta-feira das 11 às 18h e aos sábados das 10h às 18h, na Rua Conselheiro Dantas, 484, no Bairro Rebouças, em Curitiba/PR.

** Bia Franzolin trabalhou como designer gráfica por 15 anos. Fez curso de marcenaria, mergulhou em fábricas para descobrir processos e meios de produção, estagiou com Piet Hein Eek e trabalhou na Philips Design, na Holanda.