O designer Jake Evill criou um conceito de imobilizador feito em impressora 3D que, em breve, poderia substituir o velho gesso nas situações de fratura.

“Depois de muitos séculos de talas e gessos complicados que têm sido a ruína  de coceiras e mau cheiro de milhões de crianças, adultos e idosos, nós finalmente trazemos apoio à fratura para o século 21. O exoesqueleto Cortex fornece um suporte altamente técnico e apoio que é totalmente ventilado, super leve, dá para usar no chuveiro, higiênico, reciclável e elegante. O exoesqueleto Cortex se utiliza de um exame de raio-x e um scanner 3D de um paciente com uma fratura e gera um modelo 3D impresso”.

Um exoesqueleto de plástico resistente feito em uma impressora 3D que corrige todos os defeitos de um velho e obsoleto gesso. É leve, não deixa a pele sem ventilar e evita todos aqueles problemas chatos com o banho.