Diseño: historia, teoría y práctica del diseño industrial (1994), Bernhard E. Bürdek.

Logo após uma introdução convincente, Bürdek apresenta uma série de definições e conceitos sobre Design. No capítulo um olhar retrospectivo, trata sobre o início do design no século XIX e do Werkbund à Bauhaus. Dedica um capítulo exclusivamente à Bauhaus e outro à Hochschule für Gestaltung, de Ulm.

Logo após uma introdução convincente, Bürdek apresenta uma série de definições e conceitos sobre Design. No capítulo um olhar retrospectivo, trata sobre o início do design no século XIX e do Werkbund à Bauhaus. Dedica um capítulo exclusivamente à Bauhaus e outro à Hochschule für Gestaltung, de Ulm. No primeiro, aborda sobre o curso preparatório, fases de evolução, objetivos da escola, repercussão na cultura do produto, o significado específico no design do mobiliário e as repercussões pedagógicas. No segundo, as seis fases de sua evolução, os departamentos, as repercussões pedagógicas e a influência na cultura do produto. Traça um perfil sobre o design na Alemanha (1950-90) e em outros países como Áustria, Escandinávia, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Suíça. Aborda sobre problemas de metodologia, comentando os métodos cognitivos da filosofia no design e a metodologia clássica do design. Desenvolve aspectos para a construção de uma Teoria do Design e define as funções do produto: estético-formais, indicativas e simbólicas. Faz, ainda, uma relação entre utopias, visões e conceitos e encerra com uma perspectiva de futuro. Bernhard Búrdek estudou em Ulm, Kassel e Sttutgart. É professor da Universidade de Offenbach

Ficha

Título: Diseño: historia, teoría y práctica del diseño industrial
Autor: Bernhard E. Bürdek
Editora: Gustavo Gili
Ano: 1994

Tags: