Divulgados os vencedores do 22º Prêmio Design MCB

O Museu da Casa Brasileira anunciou esta semana o resultado do 22º Prêmio Design MCB. Foram contemplados 18 produtos numa seleção feita pelo júri entre 555 inscritos. A cerimônia de premiação será no dia 2 de dezembro, em São Paulo.Na categoria Mobiliário o primeiro lugar ficou com a cadeira Aviador (foto Divulgação Mendes-Hirth), trabalho de Fernando Mendes de Almeida e Roberto Hirth que, além de atender aos requisitos forma e função, incorpora a fantasia. O segundo lugar da mesma categoria foi para a estante Topo, de Fernando Rihl e Christopher Procter, com os recursos da tecnologia CNC e sem desperdício de material.

Na categoria Utensílios, Takeshi Sumi ganhou ao usar o bambu como material para um cabide que não requer nenhum elemento de fixação de peças.As luminárias de Fernando Prado levaram todos os prêmios da categoria Iluminação: a linha Kube com seu diferencial de ter um único perfil de alumínio para montar uma linha completa de luminárias, e a luminária Led it be com sistema ótico para iluminar somente a área de leitura com o uso do Leds, cuja vida útil chega a mais de 30 anos para 6 horas de uso diário.

Em Equipamentos Eletroeletrônicos, o escritório Índio da Costa conquistou o primeiro lugar com A Movement linha E (foto, de Mario Grisolli), inovação no segmento de fitness, com design no qual prevalece a segurança e a comodidade e atenção aos dados de saúde, como capacidade cardíaca.

Na categoria Trabalhos Escritos, foram escolhidos dois primeiros lugares: o livro Projeto da praça: convívio e exclusão no espaço público, de Sun Alex, e a revista dObra, da Estação das Letras e Cores Editora. O MCB abre a mostra ao público no dia 3 de dezembro, com visitação até o dia 18 de janeiro. Mais informações sobre a premiação e exposição: www.mcb.sp.gov.br .

Tags: