Empreendimento coletivo é um dos grandes vencedores do Salão Design Casa Brasil 2009

Na noite desta quinta, 6 de agosto, aconteceu a cerimônia de premiação do Salão Design Casa Brasil 2009. Entre os 23 projetos que mereceram prêmios ou menção honrosa, nas categorias estudante, profissional e indústria, um dos grandes destaques é um projeto que envolveu mais de 10 profissionais de design: Luis Carlos Hernani Jr., Patrícia Galvão, Flavia Pagotti Silva, Juliana Ribeiro, Joana Pessoa, Alberto Pretel, Jaakko Tammela, Guilherme de Baère, Larissa Seibel, Marco Maia, Sérgio Cabral, Antonio Carlos Figueira de Mello, Lula Gouveia e, por fim, o idealizador e coordenador do projeto Carlos Alcantarino.
Juntos, todos conquistaram o prêmio na categoria Acessórios Domésticos com o trabalho “Experiências Design Cabanos” (foto). Trata-se de um empreendimento socioambiental, que envolve o desenvolvimento de objetos de valor agregado para a Coopsai (Cooperativa de Serviços Agroflorestais e Industriais), uma comunidade mantida pela Albrás (Alumínio Brasileiro S/A), que fornece madeira e borracha reciclada, a partir de material descartado pela empresa. O programa tem apoio da Vale e de escritórios de design do eixo Rio-São Paulo.
O produto Adega de Vinhos, do designer Julio Eugenio Bertola, rendeu o prêmio Indústria à Eletrolux do Brasil, de Curitiba (PR), na modalidade Eletro-Eletrônicos Domésticos.
Na categoria Iluminação, o prêmio ficou com os profissionais argentinos Javier Antonio Parra, Elias José Krafczuk e Alejandro De Pilla, autores do Led Flex.
Em Móveis, na categoria Produtos já industrializados / comercializados, os designers Zanini de Zanine Caldas e Flávio Faccini ficaram com o prêmio entre os profissionais. Já o prêmio indústria foi dado ao Cadeira Bambu Num5, do designer Paulo Roberto Foggiato, da Ore Brasil, de Campo Alegre (SC).
A categoria “Móveis – Novos Projetos” teve como vencedores Luís Emilio Canestraro Mendonça, de Curitiba (PR), com Cadeira Biel, na categoria Profissional; e Diego de Souza Destro e Bruno da Cruz Trindade, ambos do Rio de Janeiro, com Vértil, na categoria Estudante.
Na categoria Madeiras Alternativas, o vencedor foi o designer Jader Almeida, de Chapecó (SC). A categoria Mérito Social ficou com as designers Anelise Kluge, Cláudia Maria Ferro, Lenilde, Vera e outras artesãs de Protásio Alves Porto Alegre (RS). O projeto delas chama-se Ecoporta.
A cerimônia de premiação teve a presença de mais de 400 pessoas. A seleção teve a presença de nomes como Guto Índio da Costa, Ademir Bueno, Bernardo Senna e Maria Helena Estrada, sob a coordenação do presidente da Associação Latino-Americana de Design, Paolo Bergomi.
Veja mais: www.casabrasil.com.br/2009/site/novidade-detalhe.php?NoticiaID=36

Tags: