Grendene se une a Starck para vender móveis

A fabricante de calçados Grendene, com sede em Farroupilha (RS), irá criar uma subsidiária em parceria com o renomado designer francês Philippe Starck. O objetivo é fabricar móveis de plástico, inicialmente para o mercado brasileiro. A nova empresa terá também como sócios o publicitário Nizan Guanaes, o advogado Phelippe Ouakrat , o banqueiro André Esteves e o designer francês Philippe Starck.

O anúncio da entrada neste novo ramo foi feito no dia 28 de fevereiro, em comunicado de fato relevante ao mercado. O novo negócio terá investimento inicial de R$ 52 milhões, dos quais R$ 22 milhões partirão da Grendene. A previsão é de alcançar faturamento de R$ 100 milhões em dois anos. 

A calçadista será controladora da empresa, com 42,5% do capital total e 50,1% do votante. A ABCDEFGHI Participações, de Guanaes, o fundo de investimento em participações Santana, de André Esteves e Philippe Starck serão minoritários. 

A gestão do negócio será compartilhada entre a Grendene e Philippe Starck, que assinará as peças. Segundo Francisco Schmitt, diretor financeiro e de relações com investidores da Grendene, a fabricação dos produtos será terceirizada, por enquanto.  

“O objetivo é aliar a expertise de Philippe Starck no design de produtos e dos demais sócios nas suas respectivas áreas, ao da Grandene, na implementação e produção em escala industrial de produtos, móveis e complementos, com design sofisticado e custo acessível para a classe média”, esclarece o documento.

Quem são os sócios do novo negócio?

Grendene – A empresa começou em 1971, fundada pelos irmãos Pedro e Alexandre Grendene Bartelle. Inicialmente, a empresa realizava a fabricação de embalagens plásticas para garrafões de vinho, até então feitos em vime. Em seguida, passou a fabricar peças em plástico para máquinas e implementos agrícolas. Posteriormente, tornou-se fornecedora de componentes para calçados, lançando a primeira sandália em 1978. Hoje, a Grendene conta com mais de 20 mil funcionários e seis unidades: duas no Rio Grande do Sul, três no Ceará e uma na Bahia.

(Philippe Starck – Divulgação)

Philippe Starck – Designer francês, de renome mundial, ele adota como lema que a criação, seja qual for a sua forma, deve melhorar a vida da maior quantidade de pessoas possíveis. Ele também é reconhecido por sua preocupação com o meio ambiente e por defender a ideia de “uso inteligente”. Definido em biografia como “inventor, criador, arquiteto, designer e diretor artístico”, ele, com certeza, trará ao mobiliário suas formas criativas e estética forte, sem perder o foco da usabilidade.

(André Esteves – Divulgação)

André Esteves – Chairmam do Conselho de Administração e diretor-presidente do Banco BTG Pactual, onde ingressou em 1989 e tornou-se sócio em 1993. Segundo o site da organização, Esteves é bacharel em Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Também foi diretor da Febraban e membro do conselho da BM&F.

(Phelippe Ouakrat – Divulgação)

Phelippe Ouakrat – Advogado francês. 

(Alexandre Allard – Divulgação)

Alexandre Allard – Nasceu em Washington (EUA), em 1968, e desenvolveu várias atividades nas áreas de comunicação, marketing e novas tecnologias durante os anos 90. Em 1995, foi um dos três co-fundadores da Consodata, que se tornou a maior empresa de análise de comportamento do mundo. A partir de 200, Allard também passou a se dedicar aos segmentos de arte e arquitetura.

(Nizan Guanaes – Divulgação)

Nizan Guanaes – Chairman do Grupo ABC, holding composta por 13 empresas que atuam na área de publicidade, marketing de serviços especializados e entretenimento. Segundo a empresa, o holding conta com mais de 150 clientes e 1.600 colaboradores no Brasil, Nova Iorque e São Francisco, ambas no EUA. O empresário recebeu diversos prêmios por sua característica empreendedora e criativa.

Veja também