Novas galerias participam do Design Miami/Basel

Luminária de teto 2109 (1962), de Gino Sarfatti, Galerie Kreo. 

A cidadezinha suíça de Basel hospeda, a partir do dia 12 de junho, a sétima edição do Design Miami/Basel, evento paralelo à mega feira de arte contemporânea Art Basel e irmão menor do Design Miami do fim do ano, focado em design-arte.

Um grande número de galerias retorna ao evento, assim como uma seleção inédita de expositores participam pela primeira vez, em um total de mais de 40 galerias. São casas especializadas em design colecionável e localizadas na Europa, nos Estados Unidos e na Ásia.

Par de bancos (1980), Gunnar Aagaard Andersen, da Dansk Mobelkunst Gallery

Entre as galerias estreantes estão a Caroline Van Hoek (Bruxelas), Franck Laigneau e Galerie BSL (Paris), Galleria O. (Roma), Gallery Libby Sellers (Londres), Heritage Gallery (Moscou) e Salon 94 (Nova York). Outros participantes serão a Carpenters Workshop Gallery, Cristina Grajales Galery, Demisch Danant, Gallerie Downtown-François Laffanour, Galerie kreo, Galerie Patrick Seguin, Gallery SEOMI, Galerie Ulrich Fielder, Pierre Marie Giraud e R 20th Century.

Chaise Slow Relief (2003), de Louise Campbell, Galerie Maria Wettergren – MW Galerie

Fundada em 2005, Design Miami é a uma das mais importantes feiras dedicadas ao design dos séculos 20 e 21 e atrai colecionadores, museus e profissionais da área do mundo inteiro. As peças em exposição vão de objetos feitos a mão a outros criados com as tecnologias e técnicas de produção mais avançadas atualmente. “Este ano teremos uma variada seleção de peças contemporâneas, ao mesmo tempo em que permanecemos fiéis às raízes do evento ao apresentar um grande número de objetos históricos de relevância”, diz Marianne Goebi, diretora de Design Miami.

Casa de alumínio Metropole (1949), de Jean Prouvé

Nos últimos anos, a pequena Basel vem sofrendo grandes transformações. Cerca de 14 edifícios projetados por starchitects foram erguidos na cidade de cerca de 160 mil habitantes, como a estrutura de vidro que lembra uma caixa flutuante de Yoshio Taniguchi e um edifício de Frank Ghery encomendado por uma gigante farmacêutica. E um projeto da firma Herzog & de Meuron está a caminho. Há uma década, a área norte de Basel, onde estão localizadas essas obras, era uma faixa sombria com edifícios de escritórios e fábricas.

Desgin Miami/Basel acontece até o dia 17 de junho.

Mesa de centro Ondulation (1937), Jean Royère, Galerie Jacques Lacoste

Chaise longue LS22 (1931), de Hans and Wassily Luckhardt, da Galerie Ulrich Fiedler