Projeto estimula a inserção do design brasileiro no mercado norte-americano

Fonte : Assessoria

Para impulsionar a inserção competitiva do design brasileiro no mercado norte-americano, o Projeto Orchestra Brasil realiza, desde a última semana, workshops entre designers e consultores dos Estados Unidos. O objetivo é que eles possam conhecer o trabalho dos estúdios participantes do Projeto e estudar as melhores estratégias para a boa aceitação dos produtos naquele país. Os encontros ocorrem na Serra Gaúcha, São Paulo e Rio de Janeiro.

Os consultores contratados avaliam aspectos técnicos, logísticos, mercadológicos, de produção, design e licenciamento. A ação com os estúdios do Projeto Orchestra Brasil também inclui a criação de uma linha especial de produtos destinada aos Estados Unidos. Para o designer José Marton, o projeto é de grande relevância para os designers brasileiros, que não conseguiriam acessar de forma autônoma o mercado norte-americano. Segundo ele, com um grupo de profissionais e o amparo do Orchestra Brasil, a ideia ganha mais força. “Por que exportar apenas matérias-primas se podemos levar ao mercado externo a economia criativa do Brasil e, consequentemente, produtos de valor agregado? Tenho certeza de que esse é um projeto muito consistente a médio e longo prazo”, pontua.

Esse direcionamento é resultado de uma missão prospectiva realizada pelo Projeto Orchestra Brasil na Semana de Design de Nova York, em maio desse ano. Na ocasião, verificaram-se boas oportunidades para produtos brasileiros, o que está diretamente relacionado ao planejamento do projeto para os próximos dois anos: aumentar a competitividade da indústria brasileira com investimentos que visam agregar valor ao produto nacional por meio do design, da inovação contínua e da sustentabilidade.

O Projeto Orchestra Brasil é realizado desde 2006 pelo Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis), no Rio Grande do Sul, com apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa promove a inserção competitiva de fornecedores do setor moveleiro no mercado internacional de forma sustentável. Atualmente, conta com a participação de 72 empresas e 38 estúdios de design.