Senai lança Caderno de Referências 2008

Uma diferença marca o novo caderno de tendências em mobiliário do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, o Senai. Lançada desde 2002, a publicação agora se chama “Caderno de Referências”. A edição 2008 é a sexta da série “Coleção em Design”. Enquanto os cadernos anteriores trabalharam temas variados, com foco na identidade do design brasileiro e nas tendências internacionais e nacionais do design moveleiro, o desta temporada é centrado no comportamento da sociedade como processo inicial de uma tendência. É o que explica a designer Márcia França Batista, do Núcleo de Inovação e Design de Móveis do Senai- Cetman, de Arapongas (PR). Ela participou do grupo que trabalhou na nova edição, composto por profissionais de oito estados. “O caderno não apresenta explicitamente as tendências, mas conduz o profissional, dentro da categoria de sua produção, a pensar como será o móvel dentro dos novos comportamentos, das novas abordagens, baseados no estudo desses comportamentos, tomando o caderno como referências”, afirma Márcia Batista O caderno foi segmentado em quatro grandes temas: “Momento Luxo”, “Simbiose”, “Buscas e Origens” e “Tempo e Espaço”. O primeiro tema estende o conceito do luxo para todas as classes sócio-econômicas, com base nas sensações e nos valores de cada um. Em “Simbiose” está o convívio do moderno com o tradicional, a busca pela paz, a sustentabilidade, as questões ambientais, as diferenças. No tema “Buscas e Origens” são resgatadas as raízes brasileiras como referência para novos estilos e funções dos produtos – destaque para o artesanato e para a regionalidade. Já “Tempo e Espaço” mostra referências para quem tem um ritmo de vida em constante velocidade, simultaneidade, informação e universalidade. Além da publicação, o Senai está promovendo debates sobre quais serão os móveis – e materiais – que atenderão aos novos personagens e estilos de vida. Clique aqui para download da versão em PDF

Tags: