Uma lista de museus gratuitos durante o Salão do Móvel

A Semana de Design de Milão oferece a bela surpresa de não cobrar um euro para conhecer a rede de museus da cidade. Difícil é conseguir tempo para visitá-los, mas valeria a pena reservar umas horinhas do dia para ver de perto as coleções mais importantes de arte e ciência. Entre os dias 7 e 14 de abril estarão com entrada gratuita: o “ Museo del Novecento”, “Museo Archeologico”, “Museo di Storia Naturale”, “Musei del Castello Sforzesco”, “Palazzo Morando”,“Acquario Civico”, “Galleria d’Arte Moderna” e “Museo del Risorgimento”. Ou seja, tem atração para todos os gostos. Uma das mais interessantes é o “ Museo del Novecento”. Ele fica bem no centro de Milão, ao lado do Duomo. Ali dentro está concentrado um acervo com a essência artística do século passado, principalmente a italiana. Ele apresenta para o público cerca de 400 quadros, esculturas e objetos de design selecionados num “garimpo curador”, em meio a um total de 4 mil peças espalhadas em museus e galerias da cidade. Em particular, destaca-se a presença de artistas, gráficos, escultores e designers que souberam criar obras de arte que marcariam uma época e serviriam de inspiração para quem viria depois. Modigliani, Fontana, De Chirico, Martini, Sironi, Bruno Munari, além de Picasso, Matisse e Ettore Sottsass, entre tantos outros, são alguns dos nomes que participam da mostra permanente nos 4 mil metros quadrados de área expositiva. Em certos aspectos, o “Museo del Novecento” lembra o Moma de Nova York. Grandes e arejados ambientes foram escavados dentro do antigo prédio construído nos anos 30, o Palazzo dell’Arengario. E a nova arquitetura, por si só, já vale uma visita. Os italianos Italo Rota e Fabio Fornasari recriaram uma estrutura moderna, com três andares, uma escada espiral e envidraçada, paredes móveis para as mostras itinerantes e uma passagem interna entre o Museo del Novecento e uma ala do adjacente Palazzo Reale – realçando o “diálogo urbano” entre os diferentes estratos arquitetônicos da cidade. Mas se com tudo isto ainda sobrarem duas horas, não perca a chance de ir à cafeteria e ao restaurante do “Museo del Novecento” – ambos estão localizados num dos mais belos terraços de Milão. Eles dão água na boca e descanso para os olhos. A vista sobre as agulhas da catedral gótica do Duomo é uma celebração à beleza da “dolce vita” milanesa. Abaixo, imagens do museu e suas exposições:

 

 

Serviço Museo del Novecento Local: Piazza Duomo 1 Horários: segunda-feira, das 14h30 às 19h30; terça, quarta, sexta e domingo, das 9h30 às 19h30; quinta e sábado, das 9h30 às 22h30 Visita com guia: agendar através do e-mail [email protected]