Vespa, ícone do design italiano, é homenageada em exposição

Fonte Lhays Feliciano - A Tarde

Os amantes de motocicleta sempre guardam um lugar especial para a Vespa. Simples, simpática e elegante, a “lambreta” é um ícone mundial e ganhará pela primeira vez sua exposição no Brasil.

vespa2

Chega a São Paulo a mostra da motocicleta Vespa. Realizado pelo Museu da casa Brasileira e o Instituto Italiano de Cultura de São Paulo, “Vespa: um ícone italiano – História, Cultura e Design”, apresentará a trajetória do veículo desde a sua criação, no final dos anos 1940. A mostra promete uma apresentação da história com muita interatividade por meio de vídeos, fotos, painéis com a linha do tempo e informações sobre a motoneta.

O evento leva o visitante a uma viagem no tempo, desde que a motoneta foi desenhada, passando pelo lançamento e por fim a comercialização, em abril de 1946. O  trunfo do evento, entretanto, está nos modelos históricos, protótipos, peças e projetos mecânicos cedidos por colecionadores, museus e pelo próprio fabricante, a companhia italiana Piaggio. A exposição começa no dia 10 de junho e fica em cartaz até o dia 3 de agosto.

“A exposição dedicada à Vespa no Brasil pretende ir além do significado relativo à tecnologia e à engenharia mecânica. Por trás das formas muito familiares do simpático scooter surge a nítida sensação da marca italiana”, afirma Renato Poma, diretor do Instituto Italiano de Cultura. Desde o seu lançamento, em 1946, mais de 16 milhões de unidades da Vespa foram comercializadas em todo o mundo.

A mostra integra o projeto da Embaixada da Itália no Brasil – “Itália na Copa” -, que reúne uma série de eventos artísticos, culturais, tecnológicos e comerciais realizados em 16 cidades brasileiras, antecedendo a Copa do Mundo FIFA 2014. O projeto tem como objetivo mostrar aos brasileiros uma imagem da Itália moderna, junto aos elementos tradicionais da cultura italiana que já estão presentes no país.

História da Vespa no Brasil

vespa

Presente no Brasil desde o final dos anos 1950, a motocicleta foi o transporte de famílias inteiras, com uso diversificado tanto para o lazer como para fins utilitários, constituindo um capítulo marcante no crescimento do país e alimentando sonhos de muitos brasileiros. Entre 1958 e 1964 os primeiros modelos da Vespa foram montados no Brasil. Foi nos anos 1980, no entanto, que a motoneta viveu seu apogeu no país, com a Motovespa, companhia que chegou a ter 140 revendas autorizadas espalhadas desde Manaus, onde os veículos eram produzidos, até Porto Alegre. Os brasileiros viviam, neste período, a redemocratização política em que difundiram-se muito os ideais de juventude e liberdade. Nesse cenário, foi natural a popularização da Vespa, símbolo italiano no qual estes conceitos eram facilmente identificáveis, pois esta era, à época, o transporte de duas rodas mais famoso do mundo.

 

Vespa: um ícone italiano – História, Cultura e Design

Abertura: 10 de junho às 19h30 – Entrada Gratuita

Visitação: até 3 de agosto

Local: Museu da Casa Brasileira

Av. Faria Lima, 2.705 – Jd. Paulistano

Tel.: (11) 3032-3727

Visitação

De terça a domingo, das 10h às 18h

Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia-entrada)

Gratuito aos sábados, domingos e feriados

 

Fonte: http://atarde.uol.com.br/motor/noticias/vespa-um-icone-italiano—historia-cultura-e-design-1596358