Bonde BST  

Vencedor na disciplina produto do iF DESIGN AWARD 2017, o projeto BONDE BST foi criado pelo designer Rogério Foster Vidal com ajuda dos Servidores e profissionais do Estado e Município do Rio de Janeiro. O objetivo dessa proposta é buscar inicialmente a preservação do sistema histórico de Bondes do Bairro de Santa Teresa, do Rio de Janeiro, e tornar o sistema viável economicamente.

A Família de Bondes BST são os primeiros “Tram–Trains” com seus interiores “Quick–Change”(PAX/ CARGA) podendo atender desde um bairro/vila até uma megalópole, fazendo também viagens intermunicipais/estaduais. O Conceito BST visa reduzir substancialmente os subsídios nesse tipo de modal. Ele procura se autossustentar além de gerar sua própria energia elétrica, tornando-se um sistema totalmente independente.

Inédito em todo o mundo, ele abre um novo caminho no meio construtivo ferroviário para ser implantado em qualquer tipo de trem, enfatizando o faturamento sustentável do sistema e dos veículos. São 3 irmãos: O Menor BST BATACLAN II, o Médio, o BST Gávea (Single Decker) e o Maior, um genuíno Duble Decker, o BST 2 Irmãos.

“O conceito dos BSTs trata-se de veículos urbanos ferroviários que são operacionalmente autossustentáveis. Os atuais sistemas de transportes urbanos são todos subsidiados e, por isso, totalmente dependentes do governo. A ideia inicial para Santa Teresa era ter um sistema autossustentável com lucro obtido de várias fontes de renda e não de apenas simples venda de passagens”, comenta Foster.

A expectativa para tirar o projeto do papel, de acordo com o designer, é implantar um programa de Estado onde sejam envolvidas montadoras mundiais e o Governo. “Foi uma grata surpresa receber um prêmio como o iF sendo um profissional autônomo. Sinto-me ainda mais motivado a tornar o projeto uma realidade utilizável, viável para atender a sociedade”, finaliza.

BST BATACLAN II DETALHES MUNDO PHSHP BST BATACLAN II DIVULGAÇÃO MUNDO PHSHP BANNER BST GAVEA e 2 IRMÃOS BRASIL PHSHP

Veja também