CataMoeda

Um levantamento da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) estima que bilhões de reais estejam retidos em casa, o equivalente a um terço das moedas emitidas pelo Banco Central, tornando a falta de troco um problema crônico no varejo.

A Cata Company, startup que desenvolve soluções inovadoras para o varejo e o mercado financeiro com sede em Florianópolis, percebeu a necessidade de incrementar o serviço do CataMoeda, equipamento que permite trocar as moedas por cédulas ou vale-compras.

Para isso, a Entre Gestão & Design, de Joinville, contribuiu na proposta de incrementar o serviço e recolocar as moedas esquecidas no fundo de gavetas, cofrinhos e bolsos.

Para o designer Maurício Marcos, coordenador do projeto e especialista em Design Thinking e Experiência de Usuários, a realização de uma pesquisa etnográfica foi fundamental para garantir a conexão com os usuários, perceber contextos, motivações e hábitos de uso, assim como compreender a fundo o serviço, seus pontos de contato e a dinâmica de uso em seu ambiente. “Com a imersão foi possível alcançar um diagnóstico rico em informações acerca dos usuários, os pontos fortes e fracos do serviço e suas funcionalidades, gerar diretrizes de melhorias de experiência de usuário e desempenho do serviço, considerando sua viabilidade, impactos e benefícios ao negócio e seus stakeholders”, explica.

Um exemplo é a troca de moedas por recarga de crédito de celular – uma alternativa lançada recentemente. “Temos mais planos para este ano e a pesquisa realizada pela Entre Gestão & Design nos trouxe dados importantes para que o desenvolvimento seja feito de maneira mais assertiva. O objetivo principal era aprender mais sobre o nosso público-alvo, conhecer o perfil de quem usa nossos serviços, como e por que acessam nossos serviços e pelo que mais trocariam suas moedas”, diz.

Segundo Natália Izidoro, gerente de marketing da Cata Company, o profissionalismo da equipe e o nível de detalhamento das informações e sugestões foram diferenciais nesse trabalho. “Eles nos trouxeram excelentes insights, que certamente vão nos direcionar para novas versões do CataMoeda. Começaremos aplicando pequenas alterações na interface do equipamento para melhorar a experiência dos usuários que já conhecem o sistema e incentivar outros a utilizarem o serviço”, continua a gerente.

Especialista em gestão de marcas e no desenvolvimento de embalagens e produtos, a Entre Gestão & Design mantém, entre as novidades oferecidas em seu porftólio, projetos em design thinking, uma vertente do design baseada em soluções inovadoras focadas na satisfação e nas demandas dos usuários. “A pesquisa etnográfica realizada para o projeto CataMoeda concedeu informações extremamente relevantes, permitindo que as soluções apontadas pela consultoria de design fossem realmente centradas no usuário. Esta dinâmica de aplicação do design é uma tendência atual”, comenta a coordenadora de projetos da Entre Gestão & Design, Jenifer Preuss.

Saiba mais em http://catamoeda.com.br/

catamoeda