Tuboteca

CASE IPPUC – iF DESIGN AWARD 2016

Foi na disciplina de design de serviço que o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) venceu o iF DESIGN AWARD 2016 com o seu projeto Tuboteca.

Desenvolvido pelo Ippuc em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e a Urbanização de Curitiba (Urbs), as Tubotecas são minibibliotecas instaladas em estações-tubo da cidade. Nelas, o usuário do transporte público empresta a obra de seu interesse e pode devolvê-la em qualquer uma das Tubotecas da cidade.

1-Caixa Coletora Tuboteca - Foto Cido Marques (3)

Atualmente, Curitiba conta com dez estações-tubo contam com uma Tuboteca: quatro na Praça Rui Barbosa, duas na Estação Central, duas na Estação Marechal Floriano (Linha Verde) e duas na Praça Carlos Gomes. “É um projeto inovador, que muda a vida das pessoas, pois permite que elas tenham acesso à leitura e a um novo mundo. Uma ideia singela que se torna uma interface social muito importante para Curitiba e os curitibanos”, diz Sérgio Pires, presidente do Ippuc.

Pires lembra que o design faz parte dos projetos estratégicos do município na atual gestão. Desde 2014, Curitiba é a única cidade brasileira a fazer parte da Rede das Cidades Criativas da Unesco na categoria design (en.unesco.org/creative-cities//node/31). Em 2015, a cidade passou a integrar o iF World Design Guide (ifworlddesignguide.com/profile/2060-curitiba-city-of-design).tuboteca 14.10 foto lucilia guimaraes (45)

Para o presidente da FCC, Marcos Cordiolli, além de facilitar o acesso aos livros, as Tubotecas têm o mérito de estimular outras instituições a instalar pequenas bibliotecas para uso livre de seus frequentadores. “O projeto continua se expandindo dessa maneira, a partir da integração com outros pontos de oferta de livros. E as campanhas de doação de livros também tiveram grande receptividade entre a população. A Tuboteca é um dos maiores projetos do gênero no mundo”, afirma.

Segundo o presidente da Urbs, Roberto Gregório, um dos grandes desafios do transporte coletivo é agregar valor ao tempo que o usuário passa dentro do sistema. “A Tuboteca é uma inovação que veio para contribuir de forma significativa com esse objetivo. O sucesso do projeto foi construído pela própria população, na medida em que as pessoas utilizam, devolvem, trazem, doam e compartilham livros, sem qualquer burocracia”, confirma.