2009 – Ano Internacional das Fibras Naturais

Por Christian Ullmann

As fibras naturais são importantes porque são produzidas em milhões de toneladas ao ano em todo o mundo e porque são uma componente fundamental do vestuário, a tapeçaria e outros têxteis de consumo.

Foi inaugurado no dia 22 de janeiro de 2009, na sede da Organização das Nações Unidas da Agricultura e Alimentação (FAO), na cidade de Roma, o Ano Internacional das Fibras Naturais.

Os objetivos da iniciativa são muitos: criar consciência e estimular a demanda de fibras naturais; promover a eficácia e sustentabilidade das industrias das fibras naturais; estimular os governos a criar políticas apropriadas aos problemas que afrontam as industrias das fibras naturais; e promover alianças internacionais eficazes e duradouras entre as diversas cadeias da industria das fibras naturais.

As fibras naturais são substâncias alargadas, produzidas por plantas e animais, que podem ser filadas para obter fios ou cordas para criar tecidos, não tecidos, aglomerados ou esteiras que formam parte essencial da teia da sociedade. Como a agricultura, os têxteis são parte fundamental da vida humana desde o inicio da civilização. Cinco mil anos antes de Cristo foram encontrados vestígios de objetos de algodão no México e Paquistão.

Por que as fibras naturais são importantes? Porque são produzidas aproximadamente 30 milhões de toneladas de fibras naturais ao ano em todo o mundo. Elas são uma componente fundamental do vestuário, a tapeçaria e outros têxteis de consumo, e muitas também têm usos industriais para embalagem, fabricar papel e em materiais compostos com muitos usos, como na indústria automotiva.

Nos países em vias de desenvolvimento e em países pobres, a venda e a exportação das diferentes fibras naturais contribui significativamente para a geração de recursos e a segurança alimentar dos agricultores e trabalhadores pobres das áreas rurais. Em alguns países em vias de desenvolvimento, as fibras naturais têm uma grande importância econômica, como o algodão em determinados países africanos, o junco em Bangladesh e o sisal em Tanzânia.

Em outros casos estas fibras têm menos peso nacional, porém uma grande importância na economia local, como o junco em Bengala ocidental (Índia) e o sisal no nordeste brasileiro.

A FAO coordenará o Ano Internacional das Fibras Naturais, cujas actividades serão dirigidas por um Comitê Diretor Internacional, composto de representantes das distintas indústrias das fibras. A gerará publicidade, coordenará atividades em todo o mundo e celebrará um oi dois acontecimientos, como uma conferência internacional sobre as fibras naturais. A maior parte das atividades serão realizadas por diversas organizações associadas.

Link das atividades programadas:
www.naturalfibres2009.org/es/actividades/index.html

Para colaborar com a programação do ano internacional das fibras naturais, envíe informações de reuniões, seminários, conferências e oficinas sobre fibras naturais a: [email protected]

Folder de divulgação
www.naturalfibres2009.org/pdf/AIFN-folleto.pdf

christian ullmann para portal design brasil sustentabilidade

© Copyleft – É livre a reprodução exclusivamente para fins não comerciais, desde que o autor e a fonte sejam citados e esta nota seja incluída.

Tags: