Impressões de uma designer na China!

Por Editor DesignBrasil

** Por Juliana Buso

Viajar é um dos presentes que a vida nos proporciona.
Viajar é muito bom.
Viajar pela primeira vez para China foi uma experiência incrível ainda mais a viagem aliada ao design, ficou melhor ainda!

O Centro Brasil Design foi a única instituição brasileira convidada para fazer parte da WIDC – World Industrial Design Conference que aconteceu na cidade de Hangzhou na China. A agenda do evento foi bem recheada! Desde multilateral talks com algumas instituições do cenário global do Design a Welcome banquet com direito a ópera Chinesa! A conferência contou com falas de pessoas influentes no governo, como a presença do ministro da Indústria e informação tecnológica da república da China. Foram palestras, reuniões, assinaturas de termos de cooperação, apresentações de instituições do mundo todo, fóruns e muito networking. Percebemos que várias instituições lutam pela causa do design no mundo. Descobrimos que a CIDA – China Industrial Design Association tem um orçamento de mais ou menos 150 milhões de dólares para fazer ações de promoção ao design.

Juliana Buso e Letícia Castro_ WIDC

Juliana Buso e Letícia Castro_ WIDC

O governo Chinês tem o design inserido nas ações de políticas públicas do país inteiro. Isso significa que eles estão investindo pesado em design. Além de Hangzhou, passamos por Shenzhen e também pelo estado-país Hong Kong e design é o tema do momento para o governo Chinês.

Isso culmina em uma mudança global, pois como foi citado na conferência, o que acontece na China afeta o mundo todo, afeta todos nós.  Por onde passamos vimos grandes nomes do design global por lá: Tom Dixon, Stefano Giovannoni, Karin Rashid, entre outras personalidades que estão presentes neste mundo que gera business ao design, que deixam as coisas belas e originais, que faz com que a mentalidade mude e com que as pessoas vivam melhor. O design é uma ferramenta que soluciona problemas, faz a diferença, gera empregos, conscientiza a sociedade e mais, muda realidades.

O bom design está conquistando a China e isso ao meu ver é muito positivo. Estamos em um mundo sem fronteiras. A língua, os costumes, a cultura não são empecilhos para fazermos negócios! O governo Chinês está investindo muito e acredito que o nosso deveria fazer o mesmo!

Em resumo: vale a pena ir à China!

 

**Juliana Buso é designer, coordenadora de projetos do Centro Brasil Design. Viajou à China junto com Letícia Castro, diretora executiva do CBD.

2 Comentários

  1. Ju Mayumi disse:

    Muito bom Ju!

  2. fabrizio martinelli disse:

    Parabéns pela matéria, e com isso nos trás esperanças sobre perspectivas principalmente aqui no Brasil da importância do design para políticas públicas e importância estratégica na melhoria das diversas vertentes onde a sociedade necessita com o valor criativo que o design proporciona!