Lançamentos Mundiais de Embalagem confirmam recuperação da atividade global

Por Fabio Mestriner

O destaque do semestre foi o Brasil que se firmou na posição de segundo país que mais lançou embalagens no período.

O Laboratório de Monitoramento Global de Embalagem da ESPM acompanha os lançamentos mundiais em tempo real e publica periodicamente relatórios mostrando o que está acontecendo com a embalagem no mundo.

Os lançamentos do 1º semestre de 2009 superaram ligeiramente o 1º semestre de 2008 e alcançaram a maior média mensal já registrada o que confirma nossa análise do mês de abril que já apontava a volta dos lançamentos ao nível anterior à crise. Podemos constatar que lentamente os lançamentos estão voltando a seu patamar normal.

O destaque do semestre foi o Brasil que se firmou na posição de segundo país que mais lançou embalagens no período.
Os Cosméticos conquistaram mais uma posição no quadro das 10 categorias com maior numero de lançamentos e agora respondem por 7 entre as 10 mais.

O vidro superou o PET voltando a segunda posição entre os materiais mais adotados nos lançamentos do período.
A marca própria cresceu no mundo e agora responde por 17,5% dos lançamentos enquanto que no Brasil ela se manteve com 11% bem abaixo da media mundial.

Individualmente a marca que mais lançou embalagem no mundo foi o Carrefour.

Os lançamentos por países:

Os EUA e seus parceiros Canadá e México foram os mais afetados pela crise em termos de lançamentos. O Canadá que ocupava a 8º posição em 2008 caiu para a 10º e o México saiu fora do quadro com os 10 países que mais lançaram.
Os EUA tinham 18% dos lançamentos em 2008 e caíram para 12,8 em 2009.

A China também reduziu sua participação nos lançamentos sendo ultrapassada pelo Brasil e pela Alemanha.

A índia que nem estava no quadro em 2008, já ocupa a 8º posição devido a introdução recente do sistema de auto-serviço naquele pais o que demandou embalagens adequadas a este sistema que não existia antes na Índia onde os produtos eram vendidos a granel em feiras e mercados ao ar livre.

O Brasil é o destaque do semestre pois se consolidou na segunda posição com 6,3% dos lançamentos mundiais (tinha 5 em 2008)
 

As categorias com maior número de lançamentos:

Destaque mais uma vez para os Cosméticos que ocuparam mais uma posição no quadro respondendo agora por 7 das categorias mais lançadas.

A apresentação pessoal da mulher e os cuidados com sua pele, unhas e cabelos dão uma idéia de como elas vem ganhando destaque na sociedade de consumo.

Os biscoitos doces, queijos e snacks completam o quadro indicando uma tendência clara no crescimento dos alimentos para consumo imediato entre os lançamentos.

O Brasil tem um perfil de consumo ligeiramente diferente do padrão mundial.

Aqui a categoria com o maior número de lançamentos foi Biscoitos Doces.

Cosméticos detém 7 das 10 posições com ênfase para os produtos para cabelo.

Massas e temperos completam o quadro de lançamentos no pais.
Os posicionamentos mais adotados pelos lançamentos:

A preocupação com a naturalidade e a saudabilidade está pautando os lançamentos mundiais pois os posicionamentos mais adotados nos lançamentos do semestre apontam nesta direção.
No Brasil o quadro é o mesmo com destaque para os posicionamentos de light e redução de ingredientes como a gordura trans e surpreende o destaque dado no país a preocupação ambiental comunicada nas embalagens. Embalagens com posicionamento ético/ambiental ocupam a 5º posição no quadro de posicionamentos mais adotados no Brasil.

Os tipos de embalagem mais adotados nos lançamentos:
Neste primeiro semestre o frasco (garrafas e frascos de vidro e plástico) recuperou a posição que havia perdido para as embalagens flexíveis (filmes e papel e têxteis) .

Bisnagas, cartão e frascos de vidro ocupam as posições seguintes não havendo alteração nas demais posições.
No Brasil o saco ocupa a terceira posição (ração, cimento, farinhas) e a lata aparece na 9º posição pois ainda tem presença nos lançamentos do país.

No mais o quadro é similar ao que acontece no mundo.
Materiais de embalagem mais adotados nos lançamentos:
As embalagens de plástico lideram amplamente o quadro com os materiais mais adotados nos lançamentos.

Neste semestre o vidro superou o PET recuperando a posição de segundo material mais adotado.

O Filme metalizado tem destaque devido aos biscoitos e snacks, categorias que utilizam este material, estarem entre as mais ativas em lançamentos.

No Brasil o PET ainda ocupa a segunda posição devido aos refrigerantes onde somos um dos maiores mercados do mundo. No restante o quadro é similar ao quadro mundial.

Conclusões sobre os lançamentos do semestre:

O destaque do semestre vai para a recuperação do nível de lançamentos.

O mundo voltou a lançar produtos como fazia antes o que indica que a recuperação já se iniciou.

O Brasil mostrou o vigor do seu mercado de consumo e acelerou no período mesmo comparando com o 1º semestre de 2008. Consolidando-se na segunda posição entre os países que mais lançaram embalagens neste primeiro semestre.

Os Cosméticos continuam ganhando posição devido a proeminência da mulher na sociedade contemporânea e o filme metalizado cresce impulsionado pelos biscoitos e snacks produtos consumidos amplamente por todas as faixas etárias e de renda.

Um dado novo que incluímos na pesquisa deste semestre diz respeito aos posicionamentos adotados que expressam a preocupação ambiental e sobre inovação na embalagem.
Menos de 1% dos produtos lançados no semestre adotam posicionamentos que destacam aspectos ambientais ou de inovação da embalagem mostrando que na prática nestes temas ainda está muito longe do discurso.

O Relatório consolidado dos lançamentos de 2008 e do primeiro trimestre de 2009 se encontram disponíveis para download na página do Laboratório de Embalagem no site do Núcleo de Estudos da Embalagem ESPM: www.embalagem.espm.br .
 

Tags: