Ney Valle e Claudia Gamboa

Por Portal DesignBrasil

“Fazer todo o trabalho de design de um dos maiores eventos do mundo, os Jogos Pan-Americanos, foi uma oportunidade única”

 

O trabalho deles vive momentos de onipresença. Está nos outdoors, nas lojas, jornais, revistas e na tela da tevê. Mais do que um mascote, o sol estilizado que desenharam virou um ícone, item de consumo desejado por gente de todas as idades. Eles são os responsáveis pela identidade visual dos XV Jogos Pan-americanos Rio 2007.
O DesignBrasil entristou por e-mail Ney Valle e Claudia Gamboa, sócios da Dupla Design, escritório contratado pelo comitê organizador para cuidar da comunicação visual do evento.
A Dupla Design venceu em 2003 uma concorrência realizada entre escritórios de design em todo o país e conquistou um contrato de quatro anos. Além de desenvolver a marca e o mascote dos jogos, o Cauê, a Dupla Design cuidou de itens como pictogramas e do design das 2.252 medalhas de premiação dos atletas.
A Dupla Design, do Rio de Janeiro, tem mais de 15 anos no mercado, e suas principais áreas de atuação são identidade corporativa, design editorial, design promocional e exposição e eventos. O escritório tem vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Toda a comunicação para o Museu de Arte Contemporânea, de Niterói, projetado por Oscar Niemeyer, foi desenvolvida pela Dupla Design. O trabalho recebeu a premiação ouro na categoria Relatórios, Catálogos e Brochuras, na 6ª Bienal do Design Gráfico, em São Paulo.
Ney Valle é formado em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em 1985. Já Claudia Gamboa se graduou em Programação Visual e Desenho Industrial pela PUC-RJ, em 1987. Ao longo desses quatro anos, eles contaram com o apoio de diversos outros profissionais, de acordo com o tipo de trabalho.
Confira a entrevista com ambos.Portal DesignBrasil Como foi a trajetória profissional de vocês antes da criação da identidade visual de um dos mais importantes eventos esportivos da história do Brasil, os Jogos Pan-Americanos de 2007?

Ney Valle e Claudia Gamboa A Dupla Design foi criada há quase 17 anos. E, ao longo desse tempo, construiu identidades, gerenciou marcas e projetos de inúmeras empresas e instituições culturais, assim como participou do sucesso de grandes eventos. O trabalho da Dupla Design já foi publicado e/ou exposto e/ou premiado diversas vezes no Brasil, participando, por exemplo, da mostra seletiva das seis últimas Bienais de Design Gráfico, conquistando, inclusive, o prêmio máximo nas categorias em que concorreu. O mesmo aconteceu no exterior, com o Art Directors Annual, do Clube de Criação de Nova Iorque, o How Design Magazine Annual, entre outros.

Portal DesignBrasil Como foi o processo de concorrência que em 2003 culminou com a seleção da DuplaDesign, pela comissão julgadora Comitê Olímpico Brasileiro e a Prefeitura do Rio de Janeiro, como o escritório responsável pela criação de identidade visual do Pan 2007?

Ney Valle e Claudia Gamboa O Comitê Olímpico, com a assessoria da ADG (Associação dos Designers Gráficos), convidou vinte escritórios de todo o Brasil que tivessem sido premiados em Bienais Brasileiras de Design a fazerem uma apresentação do escritório, mostrando a sua atuação em eventos e/ou no segmento Esportes. Desses vinte foram selecionados cinco. Estes cinco receberam um bom briefing e participaram de uma concorrência de criação, com direito a um pro-labore. O júri, que tinha representantes do Comitê Olímpico Brasileiro, da Prefeitura, do Comitê Olímpico Internacional, entre outros profissionais da área, selecionou o trabalho da Dupla Design.

Portal DesignBrasil Conforme foi divulgado publicamente, o vencedor do processo ganhou um contrato de quatro anos. Ao longo desse período, a rotina do escritório tem sido determinada por essa demanda ou a Dupla Design conseguiu atender a outros clientes normalmente?

Ney Valle e Claudia Gamboa O Projeto Rio 2007 é um grande projeto, sem dúvida. Mas é claro que continuamos a atender a todos os nossos clientes normalmente. Assim como àqueles que iniciaram a parceria conosco a partir de 2003. Na verdade, criamos uma equipe Rio 2007 para atender e gerenciar todo o trabalho, da mesma forma que atendemos a clientes do porte da Companhia e da Fundação Vale do Rio Doce e do Museu de Arte Contemporânea de Niterói, entre outros.

Portal DesignBrasil O briefing determinava como pré-requisitos brasilidade, ineditismo, juventude das Américas e o fato de o Rio ser uma cidade alegre e esportiva. Expliquem a solução encontrada para a marca do Pan a partir dessas características.

Ney Valle e Claudia Gamboa Um Pan-americano a exemplo dos Jogos Olímpicos é, antes de tudo, uma celebração do esporte. E da paz. A sua marca deve ser alusiva à cidade-sede, ao país, às Américas e aos valores olímpicos. A Marca Rio 2007 tem os movimentos e os ângulos de todos os esportes. O arrojo do vôo e da superação. A precisão da dança. Remete ao conceito de equipe, à concentração em torno de um objetivo. Por outro lado, é mergulho, explosão; a festa da vitória. O pássaro, elemento-chave da marca, é inspirado nos recortes da paisagem do Rio e tem no contorno do seu corpo o Pão de Açúcar, um dos cartões-postais da cidade. A repetição desse elemento, em movimento, com cores, tamanhos e posições diferentes, representa a igualdade na reunião das várias culturas das Américas, irmanadas e integradas. O símbolo é orgânico. Vivo. Jovem. Tem a simpatia e a espontaneidade do carioca, a alegria do papel picado e as cores da natureza e do verão do Rio. Ao mesmo tempo é cheio de brasilidade: seus recortes toscos remetem ao artesanato brasileiro, à pintura naïf, aos bordados e às manifestações populares. No seu viés internacional, este símbolo traz à memória diversos ícones/referências da cultura mundial, como os mosaicos da Catalunha, a poesia dos vitrais, os recortes e colagens matissianos, os desenhos rupestres e as aves que migram pelas Américas, assim como os Jogos Pan-americanos. O logotipo, por sua vez, tem o ritmo e o claro-escuro dos calçadões da orla do Rio. É urbano. Tem a modernidade da linguagem digital dos cronômetros e dos placares. E faz com os algarismos 2, 0 e 0, na vertical uma alusão à marcação do tempo, das raias, das pistas e das quadras. Um recurso para dar peso à palavra Rio e destacar o 7, quase um troféu. O resultado é de grande impacto. Conjuga um símbolo que tem uma forte carga emocional com um logotipo racional/tecnológico, no mesmo equilíbrio dinâmico em que estas duas vertentes têm que coexistir no esporte hoje. Além disso, a Marca Rio 2007 é bonita por natureza, carismática, e tem um forte apelo à confraternização. Como se a liberdade abrisse as suas asas sobre o Rio, em revoada, para a humanidade celebrar, através do esporte, um tempo de paz.
 


Portal DesignBrasil A escolha da mascote, no ano passado, gerou uma certa polêmica. Como foi o desenvolvimento das três opções submetidas à votação. Particularmente, qual a opção que mais lhes agradava e por que?

Ney Valle e Claudia Gamboa O projeto da Mascote Rio 2007 foi desenvolvido com todo o cuidado ao longo de quase dois anos, a partir de muita pesquisa e com o traço da inovação, que marcou o Projeto Rio 2007. Pela primeira vez na história dos jogos olímpicos e pan-americanos uma mesma mascote integrou os Jogos Pan e Parapan-americanos, por exemplo! A Mascote Rio 2007 traz todos os conceitos da Marca Rio 2007. E nada melhor para representar o Rio, o Brasil e as Américas do que um sol. Que tem um significado sempre positivo em todas as culturas, é associado ao esporte [energia, medalha, calor da torcida, fogo olímpico etc] e ao espírito de confraternização e celebração. Ele não tem preconceitos, não distingue raça, cor ou credo: realmente nasceu pra todos! E é aplaudido no final de mais um dia de verão pelos cariocas na beira da praia. Desde a fase de pesquisa [focus group], foi um sucesso absoluto e logo conquistou o Rio e o Brasil. Dá pra sentir isso no cotidiano da cidade: nos desenhos das crianças nas escolas, no comércio, nas conversas. Especialmente com crianças e pré-adolescentes, principais públicos-alvo. Não houve mais de uma opção. As três opções a que você se refere foram para a escolha do nome e não da mascote. Essas três opções vieram de uma trabalho de Naming também desenvolvido por nós. E não houve polêmica, mas sim uma votação em urnas espalhadas pelo Brasil inteiro e pela internet. Foram cerca de 1,5 milhão de votos!!! É, claro, que algumas pessoas queriam o nome escolhido por eles ganhasse…

Portal DesignBrasil Vocês desenvolveram também os pictogramas de todos os esportes que estarão no Pan. Qual foi o conceito que norteou esta etapa de projeto e como vocês buscaram inovar num tipo de trabalho realizado anteriormente, e de forma periódica, para jogos olímpicos e outros pan-americanos?

Ney Valle e Claudia Gamboa A linguagem desenvolvida para os Jogos Rio 2007 é essencialmente carioca/brasileira. E os Pictogramas Rio 2007 foram inspirados nos mosaicos dos calçadões das praias do Rio, nas famosas escadas de Santa Teresa [bairro do Rio] e nos vitrais, que marcaram a nossa arquitetura. Todos eles são formados por cacos coloridos que constroem a figura do atleta no fundo branco, num jogo de fundo-figura inverso ao que existe na Marca Rio 2007, onde o contorno da asa do pássaro tem a forma do Pão de Açúcar, cartão-postal do Rio. Além da figura do atleta, usamos grafismos auxiliares, que nos permitiram, por exemplo, representar as cinco modalidades do pentatlo, coisa que não encontramos em nossas pesquisas, em pictos de outros jogos.
 


Portal DesignBrasil Por que a opção pelo formato trapezoidal e com curvas nas medalhas que vocês projetaram?

Ney Valle e Claudia Gamboa O trapézio, de maneira bem simplificada, é um retângulo que busca/quer se estender, romper os limites. E isto tem tudo a ver com os esportes de alto rendimento… Esta forma [assim como os cantos arredondados] está presente em todo o projeto Rio 2007. É uma característica do projeto e, juntamente com o acrilíco, aliou à toda carga histórica das medalhas o traço da modernidade, outra característica do Projeto Rio 2007.

Portal DesignBrasil Como foi o processo de aprovação, por parte do cliente, desses trabalhos (medalhas e pictogramas)? Com quem vocês resolviam essas questões?

Ney Valle e Claudia Gamboa Sempre trabalhamos de maneira muito próxima aos nossos clientes, formando um só time com o objetivo único de chegar ao melhor resultado. No caso desse trabalho, a química funcionou perfeitamente. E hoje, depois de intenso convívio ao longo desses quatro anos, somos grandes parceiros. E amigos. O nosso relacionamento com o Comitê Organizador se dá, basicamente através da equipe de marketing da Olympo, empresa de marketing e licenciamento do Comitê Olímpico. E envolve também quase todas as áreas do Comitê Organizador que atuam no Pan Rio 2007, o maior evento multiesportivo das Américas. É um dia-a-dia realmente intenso!
 


Portal DesignBrasil Além dos projetos citados, relatem todo o trabalho que esse job envolveu.

Ney Valle e Claudia Gamboa O Projeto Rio 2007 tem inúmeras vertentes. Foi um trabalho extenso! A gente poderia falar/escrever horas sobre tudo que foi realizado: de itens de protocolo e bandeja para medalhas a uniformes e decoração da frota de polícia… Mas vou destacar apenas o Projeto do Manual de Licenciamento de Produtos, onde criamos todas as guidelines para o Produtos Rio 2007 [e o próprio manual, a peça em si, que esteve também na última Bienal de Design] e o Projeto Look of the Games. Este segundo é o projeto de ambientação e sinalização de todas as locais, de competição ou não [como aeroportos, hotéis, Vila dos Atletas etc], envolvidos no Projeto Rio 2007. Estamos encerrando o Projeto Look of the Games agora. Os locais já estão vestidos para esta grande festa do esporte, que vai tomar conta do Rio. E do Brasil!

Portal DesignBrasil De que modo vocês têm participado do processo de gestão dessas marcas?

Ney Valle e Claudia Gamboa A gestão dessas marcas foi toda construída a partir de manuais e regras muito rígidas. O Comitê Organizador tem uma equipe de Brand Protection, que atua de modo eficiente e muito próximo a nós.

Portal DesignBrasil O manual da marca foi suficiente para resguardar a correta aplicação por parte de patrocinadores e empresas licenciadas?

Ney Valle e Claudia Gamboa Como dissemos acima, este projeto tem inúmeras vertentes e diversos parceiros [Governos, Patrocinadores, Fornecedores, Licenciados etc]. E o Comitê Organizador tem um grupo que trabalha noite e dia na proteção da marca. Além do Manual da Marca, tivemos o Manual de Licenciamento, o Manual Comercial, o de Linguagem, o de Pictogramas, Uniformes, Licenciamento e por aí vai…
 

Portal – Manual de licenciamento dos XV Jogos Pan-americanos.DesignBrasil O trabalho já foi encerrado ou a DuplaDesign ainda tem executado serviços para o Pan 2007?

Ney Valle e Claudia Gamboa Neste momento estamos fechando os trabalhos para o Pan e dando continuidade ao Projeto Parapan Rio 2007, que, pela primeira vez vai seguir o modelo olímpico, sendo disputado nas mesmas instalações e logo a seguir aos Jogos Pan-americanos [começa em 12 de agosto]. A Marca do Parapan também é nossa e o seu projeto de comunicação contempla todas as etapas que o projeto do Rio 2007 contemplou [pictos, manuais, etc]. E vem sendo desenvolvido em paralelo. Mas isto é outra entrevista… Portal DesignBrasil Já é possível dimensionar o impacto e significado desse trabalho na carreira de vocês?Ney Valle e Claudia Gamboa É muito emocionante ver o Cauê tomando conta das ruas da cidade, crianças eufóricas com a presença dele e a nossa marca fazendo parte da vida de todos, nas instalações, anúncios, camisetas, desenhos escolares etc. Fazer todo o trabalho de design de um dos maiores eventos do mundo [sim, porque tudo que foi feito de design, ainda que por terceiros, passou/foi coordenado pelo nosso escritório] foi, sem dúvida uma oportunidade única! Foi maravilhoso! Aprendemos e trocamos muito. Crescemos profissionalmente e ganhamos ainda mais consciência do quanto [e com que qualidade] a nossa equipe pode criar, gerenciar, produzir etc. Por enquanto temos apenas a certeza de um trabalho muito bem feito. De uma parceira sólida. E isto é tudo que a gente precisa para continuar a ter novos desafios.Estádio do Maracanã
 

Tags:

Veja também